Skip to Main Content

Sua conta do PayPal foi hackeada? Aprenda como se proteger

O PayPal é uma das formas mais comuns de enviar e receber dinheiro pela internet. Com mais de 286 milhões de usuários, não é surpreendente que hackers tenham o serviço e seus clientes em suas miras.

Sua conta PayPal foi hackeada? Caso isto tenha ocorrido, seguem os passos que deve dar o mais rápido possível para proteger sua conta e seus fundos. Se nunca foi hackeado até hoje, não deixe de conferir nossas dicas abaixo para proteger sua conta PayPal de um ataque.

Sua conta do PayPal foi hackeada?

Está passando por um hackeamento no PayPal? Se você não sabe se está lidando com uma violação de dados ou uma conexão ruim, preste atenção nos seguintes sinais de uma conta PayPal hackeada.

  • Atividade não autorizada – É provavelmente o sinal mais claro de um hack do PayPal. Se perceber transações, sejam de entrada ou saída, que não foram aprovadas ou esperadas, investigue-as imediatamente. Mesmo pequenas quantias devem ser levadas a sério, porque hackers muitas vezes movem pequenas quantias primeiro como teste.
  • Notificações estranhas – Assim como você deve investigar imediatamente se existirem atividades não autorizadas, deve também prestar atenção em notificações que alertam sobre mudanças nas informações da sua conta ou do seu perfil, como nome ou e-mail. Sua conta e seus dados podem ter sido comprometidos.
  • Pagamentos negados – Se você não consegue efetuar uma compra online com o PayPal, deve verificar a razão disso imediatamente.

Se teve sua conta no PayPal que foi hackeada, seus fundos estão em risco. Não perca tempo esperando para ver o que vai acontecer.

Como as contas do PayPal são hackeadas?

Se entender como hackers podem comprometer contas, estará melhor preparado para proteger a sua. Seguem algumas das maneiras mais comuns de hackers obterem acesso a fundos e contas do PayPal.

  • Ataques de phishing – Se não tomar cuidado, pode entregar a chave para sua conta PayPal sem perceber. Se receber uma chamada suspeita de um suposto representante ou abrir um e-mail do PayPal pedindo para confirmar sua senha do PayPal, fique alerta.
  • Senhas roubadas – O PayPal não está imune a violações de dados. Uma violação de 2017 afetou 1,6 milhões de clientes. Se os seus dados de logon forem comprometidos, seja pelo PayPal ou outros site onde usa as mesmas credenciais, não deve demorar muito para um hacker acessar a sua conta.
  • Segurança fraca – O PayPal permite que os usuários ativem autenticação de dois fatores. Donos de contas que decidirem ignorar essa etapa de segurança adicional não receberão uma notificação quando alguém fizer logon em suas contas, deixando seus fundos em risco.

O PayPal é excelente na monitoração de atividade de logon. Eles inclusive vão limitar sua conta se suspeitarem que foi comprometida. Mas, no final das contas, cada titular deve tomar as precauções necessárias para impedir que sua conta seja alvo de hackers. Aqui você aprende como verificar suas configurações de privacidade do PayPal para ter segurança máxima.

Este artigo também está disponível em: InglêsFrancêsEspanholItaliano