Pergunta da semana: quem está me observando através da minha webcam?

Pergunta: “Há pouco tempo, fui visitar um conhecido. Então, percebi que ele colou um adesivo na parte superior da moldura do notebook. Quando perguntei o por quê, ele me respondeu que era para impedir a espionagem de sua privacidade através da webcam. Será que ele assistiu muitos filmes ruins ou isto tem algum fundamento?”

Resposta: Bem, o seu conhecido não é o único com este medo.  O chefe do Facebook, Mark Zuckerberg, revelou recentemente que também cobre as câmeras em seu computador com adesivos. Pelo menos, é isso que podemos ver em uma foto publicada por ele. E o chefe do FBI federal dos EUA, James Comey, também recomenda tampar as webcams. Segundo ele, o risco de que um vírus de espionagem se aninhe secretamente no computador e ligue a câmera é alto demais.

Olhar perigoso para o lar seguro

Mas não são apenas os famosos e outros conhecidos que precisam se preocupar. Há algum tempo, o governo dos EUA acusou um homem de Ohio de usar um malware para roubar informações pessoais de milhares de pessoas. Além disso, ele sequestrou as câmeras e microfones para gravar secretamente imagens e sons. Dessa maneira, ele teria descoberto detalhes de contas e senhas, além de saber quando suas vítimas saíam de casa e como elas viviam.

Um bom programa antivírus é a proteção mais importante

No entanto, a melhor proteção contra tais ataques não é cobrir a webcam, e sim instalar um bom programa antivírus. Um nível forte de segurança engloba funções de antivírus, anti-spyware, firewall e outros recursos que cortam estes ataques pela raiz. Isso porque a maior parte dos hackers de webcams usam malware de cavalo de Troia. Com isso, eles tentam instalar secretamente os chamados softwares de desktop remoto e, ao executá-los, são capazes de acessar a webcam e outros recursos. Muitas vezes, estes cavalos de Troia estão escondidos em anexos de e-mail aparentemente inofensivos ou como links em mensagens nas redes sociais. Além disso, bons Internet Security Suites impedem de maneira ativa o acesso não autorizado de programas à webcam. Em outras palavras: primeiro, é preciso autorizar com um clique, para que o programa possa acessar a webcam. O programa de proteção Defender, integrado no Windows 10, não oferece uma proteção assim. Além disso, as seguintes dicas podem ajudar:

Ao utilizar uma webcam externa com conexão USB, conecte a câmera apenas quando ela for necessária.

Algumas câmeras externas dispõem de uma pequena cobertura de fábrica, que pode ser fechada sobre a objetiva da câmera. Utilize a cobertura.

Se não tiver uma cobertura disponível, também é possível simplesmente virar a webcam para o teto enquanto ela não estiver sendo usada.

Para webcams integradas, você pode adquirir as coberturas adequadas na internet. Elas estão disponíveis por alguns euros em várias lojas, por exemplo, pesquisando o nome “Camsticker”. As coberturas funcionam com a ajuda de um mecanismo deslizante ou são fornecidas em forma de adesivo, cuja superfície adesiva pode ser removida sem deixar resíduos.

Estes Camstickers podem ser adquiridos em lojas online a partir de cerca de 1 euro por unidade.

Este artigo também está disponível em: InglêsAlemãoFrancêsItaliano

Content Manager
Former journalist. Storyteller at heart.