Skip to Main Content

Descubra por que não se deve compartilhar a senha da conta Netflix

Para um cinéfilo ou simplesmente para quem quer assistir às séries sem ser incomodado por dezenas de propagandas ou sem correr o risco de ter o PC infectado por vírus, a Netflix é a alternativa perfeita. Assim pensam os mais de 203 milhões de usuários em todo o mundo que escolheram os conteúdos da empresa americana para passar o tempo.

Exatamente porque cada vez mais pessoas começaram a usar o serviço, especialmente após o confinamento imposto pela covid-19, o gigante do streaming também se tornou um dos alvos favoritos dos cibercriminosos.

À primeira vista, os roubos de contas da Netflix podem parecer uma coisa de pouca importância. Se você acha que os hackers tentam roubá-las só porque querem assistir a filmes de graça, você está muito enganado. Além dos dados do cartão de crédito, outras informações pessoais também são armazenadas dentro de cada perfil. Além disso, se a senha da conta coincidir com a senha usada para a conta corrente online, aí sim as coisas ficarão realmente perigosas.

Algumas dicas para proteger a sua conta Netflix

Não compartilhe a senha

Se lhe pedissem para compartilhar a senha do seu perfil do Facebook, você se recusaria a atender uma tal solicitação, mas quando se trata de serviços como os da Netflix, deve-se admitir que compartilhar a senha é uma prática muito comum.

De fato, ao compartilhar com alguém a senha da sua conta da Netflix, essa pessoa não só tem permissão para assistir ao conteúdo às suas custas, mas também recebe a chave da sua conta inteira. Usando a senha atual, é possível acessar as configurações e alterá-las. Além disso, basta marcar uma caixa de seleção para desligar todos os dispositivos conectados.

Para efetuar o login, será necessário inserir a nova senha. Se alguém seguisse essas etapas, bloquearia o acesso à sua própria conta. A senha ainda pode ser redefinida usando o link que é enviado para o seu endereço de e-mail. Isso, é claro, desde que a sua senha do e-mail não coincida com aquela já comprometida na conta da Netflix.

Não reutilize as senhas

Pode parecer uma questão trivial, mas quando a senha usada para serviços de streaming já foi configurada para outras contas, a situação se torna preocupante e o risco de comprometimento da conta também aumenta. Embora esse seja um dos piores erros de segurança de dados, muitas pessoas ainda usam a mesma senha em diferentes sites. Compartilhar a senha da Netflix quando ela coincide com a senha da conta bancária ou de outras contas é, portanto, uma péssima ideia.

É verdade que definir senhas diferentes para cada serviço que utilizamos e principalmente lembrar de todas elas pode ser uma tarefa difícil, mas para isso existem programas especializados chamados “gerenciadores de senhas”, que podem gerá-las e lembrá-las para nós.

Desconecte as contas dos dispositivos

A maioria das smart TVs já possui os principais serviços de vídeo sob demanda integrados ao menu. Um erro comum é não sair de uma conta em um dispositivo que não nos pertence. Frequentemente, nas smart TVs dos quartos de hotéis, ainda é possível encontrar contas da Netflix conectadas, que oferece a qualquer pessoa mal-intencionada acesso ao e-mail e ao número de telefone do usuário. Portanto, é essencial desconectar a sua conta de dispositivos que não lhe pertencem.

Para se certificar de que fez o logout nos dispositivos de outras pessoas, clique em “Conta” no canto superior direito da página da Netflix e procure a opção “Encerrar a sessão em todos os aparelhos”. Uma vez selecionada, todos os dispositivos vinculados serão desconectados. Para concluir a operação, lembre-se também de alterar a senha.

Cuidado com supostos e-mails da Netflix

Além dos e-mails legítimos, que incluem também aqueles que avisam quando a conta é associada a um novo dispositivo, muitos usuários relataram o recebimento de e-mails de phishing que se aproveitam da importância da marca. A Netflix é de fato uma das marcas mais usadas no mundo para ataques de phishing. Esses e-mails falsos são projetados para convidar os destinatários a clicar em um link que libera malware ou a pagar um recibo online e, em seguida, inserir as suas credenciais de conta e dados bancários em um site falso. Antes de agir, verifique no link na barra de endereço a presença do cadeado, que indica que a conexão é protegida, e quaisquer erros de ortografia que geralmente são um sinal claro de phishing.

E, enfim, se tiver a mínima suspeita sobre a legitimidade do e-mail, acesse a sua conta Netflix diretamente do navegador e não por meio de quaisquer links no texto do e-mail. É possível denunciar o e-mail de phishing diretamente à Netflix, usando este endereço: phishing@netflix.com.

Fique de olhos bem abertos

Um dos recursos muito úteis da Netflix é a sua “memória”, que mantém registro de tudo que assistimos para fornecer recomendações com base nos nossos gostos. A opção também pode ser usada para verificar se outra pessoa usou a conta sem o nosso conhecimento. Ao selecionar a opção “assistidos recentemente”, é possível verificar se há algum conteúdo na lista que não tenha visto pessoalmente. Na maioria das vezes, a presença de programas não reconhecidos é um sinal de uma conta hackeada.

Utilize uma VPN

Acessar um dispositivo conectado a uma rede Wi-Fi pública e obter dados pessoais ou de uma conta é algo muito fácil de fazer para os hackers profissionais. O uso de uma VPN para assistir a Netflix criptografará o tráfego de dados e evitará o acesso ao seu dispositivo por pessoas mal-intencionadas. A VPN estabelece uma conexão segura do dispositivo à Internet e, uma vez conectado, o tráfego da rede é direcionado a um túnel virtual que o criptografa. Além disso, a criptografia também mascara o endereço IP do usuário durante a navegação, tornando quase impossível por parte dos criminosos o rastreio do endereço IP real ou da localização do usuário.

Quando uma conta é hackeada, o suporte da Netflix deve ser contatado o mais rápido possível. Se você não for impedido de fazer o login na conta, ainda poderá resolver a situação dentro das configurações usando a opção “Encerrar a sessão em todos os aparelhos”, que permite desconectar a conta de todos os dispositivos aos quais ela foi associada. O passo sucessivo é obrigatoriamente alterar a senha. Verifique também os seus extratos bancários para se certificar de que não há cobranças incomuns. Por fim, é possível verificar aqui também as dicas para a proteção da conta fornecidas pela Netflix.

Este artigo também está disponível em: FrancêsEspanholItaliano