5 passos e um clique para proteger seu novo home office

Para gerenciar seu novo home office com segurança e prudência, você deve se perguntar: faço parte do primeiro ou do segundo grupo de trabalhadores remotos?

Com o coronavírus/COVID-19 nas ruas, existem dois grupos básicos de pessoas trabalhando em ruas residências. O primeiro grupo é o de pessoas cujas empresas equiparam suas casas com computadores e toda a infraestrutura necessária de segurança e comunicação. E há também um segundo grupo – que recebeu a ordem de ficar em casa na última hora e agora precisa trabalhar de casa, usando seus equipamentos pessoais.

Ambos têm motivos para se preocupar com a junção de trabalho e lazer na mesma rede, já que isso oferece uma variedade de desafios de segurança. Ransomware utiliza táticas de imitação para e-mails de phishing e o assunto coronavírus também tem sido explorado.

Com o aumento da ameaça médica do verdadeiro coronavírus, também aumentam exponencialmente as ameaças de ataques com tema do vírus.  Mas também há diferenças entre os grupos. Se você faz parte do primeiro grupo, está bastante protegido. Agora, se faz parte do segundo grupo, sentado em um computador de casa executando tarefas profissionais, deve tomar algumas medidas adicionais para certificar-se de que você e sua empresa estão trabalhando em casa com segurança.

Seguem cinco passos e um clique para deixar seu home office mais seguro, independentemente do grupo do qual parte:

1. Verifique o roteador de Wi-Fi

O roteador Wi-Fi é literalmente uma porta para a sua rede local. Portanto, você o bloqueou contra intruso? A higiene básica do Wi-Fi começa no momento que você o tira da caixa e troca a senha padrão com a qual ele veio – e cria uma mais segura que combina números, letras e símbolos. Se não fez isso, faça agora.

Pesquisadores da Avira descobriram que quase um quarto dos dispositivos residenciais atacados – incluindo roteadores – operavam sem senha. E em segundo lugar estão aqueles que usam os dispositivos com as configurações padrão. Isso é uma porta aberta para ataques forçados por hackers, que possuem listas de senhas padrão.

Proteger o roteador é essencial para qualquer pessoa trabalhando em casa – mesmo que sua empresa tenha lhe equipado com um computador do escritório. A maneira mais fácil de criar e gerenciar esse processo é através de um gerenciador de senhas, já que certamente você tem mais de uma conta com senha.

Quando for verificar a senha do roteador, verifique se o aparelho em si tem alguma atualização de firmware pendente. Novamente, como o roteador é a porta da sua casa, certifique-se de que o mesmo esteja operando corretamente.

2. Está tudo atualizado?

Seu dispositivo está completamente atualizado?  Se você tem um dispositivo da empresa, o administrador de sistemas dela é responsável por isso. Caso contrário, vai depender de você. Atualizações de software (e até mesmo hardware) são uma realidade, essencial para se proteger contra ameaças novas e futuras”.

Usar um dispositivo que não tem todos os patches é como sair na tempestade com pouca roupa ou sem guarda-chuva: suas escolhas de roupa podem não causar uma infecção, mas aumentam as chances de você ficar doente. Os patches podem ser ainda mais importantes se estiver reativando um dispositivo mais velho, com software mais antigo.

A melhor maneira de controlar todas as atualizações necessárias é ter um gerenciador de software no dispositivo que alerta você das atualizações necessárias ou faz elas automaticamente.

3. Faça a varredura e não seja varrido

É essencial ter em seu dispositivo um antivírus certificado, e que funciona para bloquear todos os tipos de malware, como ransomware, vírus, cavalos de Troia e spyware.

Além disso, um bom antivírus ajuda a reparar ou colocar em quarentena arquivos comprometidos sem que você se envolva. Ele também pode ajudar você a não redistribuir malware que infectaria outro sistema operacional. Uma versão de TI do distanciamento social.

4. Proteja o navegador

Há uma epidemia de painéis com o tema da doença sendo passados através de links e nas redes sociais que foram criados para invadir seu dispositivo. O Avira Protection Lab bloqueou centenas de URLs e empresas de segurança estão colaborando para encontrar todos os sites suspeitos. Adicionando um plugin de segurança como o Avira Browser Safety, você pode ajudar a evitar que seu navegador se conecte com sites infectados.

5. Mantenha a privacidade com uma VPN

Uma Rede Privada Virtual (ou VPN) cria um espaço para enviar mensagens privadas e criptografadas. Na Avira, pensamos nas mensagens como cartas em envelopes totalmente selados e criptografados, cujo caminho não pode ser monitorado e em que ambas as partes envolvidas precisam assinar.

As VPNs são essenciais nos computadores de qualquer empresa – especialmente nas que utilizam redes inseguras. Se está usando um computador da empresa, ele provavelmente já tem uma VPN. Por ser uma ferramenta de trabalho essencial, traz uma variedade de benefícios de privacidade aos indivíduos, eliminando rastreadores e bisbilhoteiros.

Cobertura profissional e pessoal gratuita com apenas um clique

Ao trabalhar da sua casa, você é o administrador responsável por sua rede. Cuidar dos cinco passos não é complicado ou caro. Baixando o Avira Free Security, você tem todas essas funções na ponta dos dedos – gerenciamento de senhas, atualizações de software, antivírus, proteção do navegador e VPN – e tudo isso completamente grátis. Você só precisa dar um clique.

Este artigo também está disponível em: FrancêsEspanholItaliano

As a PR Consultant and journalist, Frink has covered IT security issues for a number of security software firms, as well as provided reviews and insight on the beer and automotive industries (but usually not at the same time). Otherwise, he’s known for making a great bowl of popcorn and extraordinary messes in a kitchen.