Skip to Main Content

3 dicas para prevenir a invasão de uma conta do YouTube

Quase 5 bilhões de vídeos do YouTube são assistidos todos os dias. A plataforma de streaming de vídeos atrai 1,8 bilhão de usuários por mês e acredita-se que deve continuar crescendo em números e popularidade.

Você não precisa de uma conta do YouTube para assistir vídeos na plataforma (a não ser pelos vídeos com restrição de idade), mas precisa de uma conta para inscrever-se em canais, publicar comentários e criar seu próprio canal para enviar vídeos.

Hackers tentam obter as senhas de contas do YouTube através de ataques de phishing. Eles conseguem acessar uma conta e visualizar os dados bancários associados com um canal ou empresa.

Para prevenir a invasão de uma conta do YouTube você só precisa ter algumas precauções de segurança adicionais. Se você acha que sua conta já foi comprometida, aprenda como confirmar isso e prevenir outro hackeamento no futuro.

Como saber se sua conta do YouTube foi hackeada

O primeiro sinal de que sua conta do YouTube foi hackeada é quando você não consegue mais acessá-la. Você precisa de uma conta do Gmail para conectar-se ao YouTube. Portanto, se perceber um problema com seu perfil no YouTube, é possível que outras contas estejam em perigo.

Esse é outro sinal a ser considerado. Se você envia vídeos para o YouTube, percebe que alguns deles foram excluídos ou alterados. Pode ser que existam outros vídeos que você não adicionou na conta. Fique de olho em comentários e respostas que você não fez, além de em outros canais ou vídeos.

Há um lugar para verificar e confirmar se sua conta do YouTube foi hackeada. Vá para sua conta Gmail e clique no link “Detalhes”. Lá, você poderá ver as últimas localizações de onde foi realizado um login. Se não reconhecer alguma, sua conta Gmail foi hackeada, o que significa que o seu perfil do YouTube também.

Como prevenir a invasão de uma conta do YouTube

Por sorte, você pode proteger seus vídeos e perfil do YouTube seguindo alguns passos.

  • Tenha cautela com links – Não clique em qualquer link recebido pelo Gmail ou nos comentários dos seus vídeos. Eles podem ter malware com intuito de revelar suas credenciais para um hacker.
  • Preencha o formulário de recuperação do Gmail – O Google oferece um formulário de recuperação para suas contas. Você precisa inserir algumas informações pessoais, como número de telefone, mas é a melhor maneira de recuperar acesso à sua conta se ela for invadida por um hacker.
  • Tenha protocolos de senha seguros – Já escutamos várias vezes, mas usar uma senha forte é fundamental para prevenir um ataque contra sua conta do YouTube, ou qualquer outra conta. No mínimo, use uma senha que inclua letras maiúsculas, minúsculas, números e símbolos. Você também deve usar o máximo de caracteres possíveis para dificultar ainda mais que alguém desvende sua senha. Se possível, altere a senha com frequência. Se tiver dificuldades de acompanhar todas as senhas, um gerenciador de senhas pode ajudar muito.

Os sinais de que alguém invadiu sua conta do YouTube podem ser fáceis de identificar. Portanto, assim que você perceber algo suspeito, aja imediatamente. Se sua conta do YouTube já foi invadida, continue conosco porque iremos mostrar exatamente o que deve fazer para recuperar sua conta no próximo artigo do blog.

Este artigo também está disponível em: InglêsAlemãoFrancêsEspanholItaliano