quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Pesquisa da Avira mostra que 50% das pessoas ficam preocupadas ao fazer operações bancárias online

Um em cada três usuários preferem não acessar contas bancárias pela Internet.

Tettnang, 11 de novembro de 2010 – Em setembro, especialistas em segurança de TI da Avira realizaram uma pesquisa com usuários de computadores em todo o mundo, que revelou que cerca de 50% dos pesquisados sentem-se desconfiados quando utilizam serviços bancários on-line, enquanto apenas um em cada cinco usuários se sentem seguros quando acessam seus bancos remotamente. Um em cada três usuários preferem não acessar contas bancárias pela Internet.

Na pesquisa, que foi colocada na Internet, à disposição de 100 milhões de clientes da Avira em todo o mundo, uma amostra aleatória de usuários respondeu se eles confiam em transações bancárias online ou se eles têm preocupações com a segurança durante o acesso a informações online. Houve 3.127 respostas, categorizadas da seguinte forma:

  • 20.5% - Com certeza, me sinto seguro.
  • 48.5% - Eu acesso meu banco online, mas me preocupo com o aumento no número de crimes na Internet.
  • 31% - Eu nunca acesso minha conta bancária pela Internet, devido a preocupações sobre segurança. Ao invés disso, prefiro ir pessoalmente ao banco.

"É um bom sinal saber que quase metade das pessoas que votaram tem, pelo menos, alguma preocupação com a utilização de serviços bancários online, e é alarmante que quase um em cada três não opere sua conta pela Internet de forma alguma”, disse Sorin Mustaca, especialista em Segurança de Dados, da Avira. “Isso prova que as instituições financeiras têm um longo caminho pela frente antes de convencerem a maioria dos clientes a confiar na Internet para fins bancários. A razão para essa falta de confiança se deve ao fato de que quase todos os bancos já foram alvos de phishing e outras ameaças de segurança. Além disso, a indústria de segurança deve fazer mais nessa área para garantir a segurança online. Nós devemos fornecer a todos os usuários de Internet a liberdade de fazerem o que quer que seja sem medo.”

Mustaca diz que a liberdade online deve vir através da educação e da utilização de produtos de segurança confiáveis. Ele oferece dicas básicas para ficarmos mais seguro online:

  • Sempre tome cuidado ao abrir anexos de e-mails
  • Não visite sites que você não conhece ou que tenham má reputação
  • Não instale programas vindos de fontes desconhecidas
  • Nunca dê seus dados bancários em resposta a algum email
  • Assegure-se de instalar um antivírus e de atualizá-lo regularmente
  • Assegure-se de que seu sistema operacional seja atualizado regularmente

Results Avira question of the month

Sobre a Avira

A Avira quer que seus clientes “vivam livres” de spyware, phishing, vírus e outras ameaças com base na internet. A empresa foi fundada há 25 anos baseada na promessa de Tjark Auerbach de “fazer software que faz coisas boas para os meus amigos e família”. Mais de 100 milhões de clientes e pequenas empresas agora dependem da experiência em segurança da Avira e software antivírus premiado, o que fazem da empresa a segunda líder no mercado mundial. A Avira oferece proteção de segurança de TI para computadores, smartphones, servidores e redes, entregues tanto como software e serviços com base em “nuvem”.

Além de proteger o mundo online, o CEO da Avira promove o bem estar no mundo offline através da Fundação Auerbach, que apoia projetos de caridade e sociais. A filosofia da fundação é ajudar pessoas a se ajudarem.

Para mais informações, visite o site www.avira.com ou participe da comunidade www.facebook.com/avira.