sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Cibercriminosos planejam obter lucros recordes em 2010

A Avira prevê mais ataques em PCs que pertencem a usuários particulares e profissionais, pois os fraudadores estão focados em maneiras mais fáceis de ganhar dinheiro

Tettnang, 29 de janeiro de 2010 – A Avira prevê que 2010 será um ano de maior intensificação de ameaças aos computadores. Isso está associado ao profissionalismo cada vez maior dos roubos de dados. Dessa forma, os especialistas em segurança de TI esperam que o "crime como um serviço", em outras palavras, a oferta profissional de aplicativos ilegais e ataques de computador, aumente consideravelmente.

É por isso que as ameaças futuras estão focadas especialmente nos dados que os hackers podem colocar em uso comercial ilegal ou converter em dinheiro. Isso inclui, por exemplo, o roubo de dados ou senhas do cartão de crédito e da conta para uma ampla variedade de serviços de Internet. Além disso, as informações corporativas confidencias são superinteressantes para os cibercriminosos. Para se proteger da ameaças cada vez maiores, uma combinação de proteção contra vírus atual e atenção do usuário do computador é essencial.

O aumento das ameaças em 2010

  • Maior atividade na área de espionagem comercial e industrial
  • Aumento na “cópia de dados” e na extorsão
  • Principais ataques em redes de mídia social e em serviços de mensagens instantâneas
     

O alvo: usuários particulares

A Avira considera que novas gerações de malware serão programadas com maior sofisticação para que o malware permaneça indetectável o máximo de tempo possível, alcançando o máximo em benefício para os ladrões de dados. Mais Spam deve ser esperado quando os níveis de tráfego de dados são mais pesados, e os usuários podem ser facilmente levados a visitar outros sites – via plataformas de mensagens instantâneas como Skype, ICQ ou Yahoo Chat. Scarewares conhecidos, como “Fake AV” (ou “Rogue AV”, “Produtos de segurança Rogue”) se tornarão mais agressivos. Esses softwares fazem com o usuário acredite que seu sistema foi infectado e oferece proteção contra vírus paga para combater o problema. Entretanto, o que o usuário realmente compra e faz download é uma ferramenta inútil que, além de fraude financeira, pode causar outros danos ao próprio computador. As ameaças crescentes também incluem downloads drive-by ou induzidos: Nesse caso, os banners aparentemente legais são manipulados e colocados em sites conhecidos como portais de mensagens. Se um usuário visitar um site de Internet preparados desse modo, os PCs correm o risco de serem infectados com esse malware. Os URLs abreviados, muito populares em redes de mídia social, são cada vez mais mal-utilizados para ocultar a identidade dos links perigosos. A ameaça se aplica particularmente a sites muito frequentados, como Facebook, studiVZ ou Twitter, por causa do número cada vez maior de usuários e seus estilos de comunicação intensivos.

Riscos para os negócios

A Avira prevê que 2010 será um ano com aumento na espionagem comercial e industrial organizada via Internet. Assim, é esperado um rápido aumento nos ataques de espionagem profissional e direcionados a dados corporativos feitos por quadrilhas de criminosos. A Avira prevê um aumento nos ataques a pequenas e médias empresas especificamente, nos próximos meses. Muitos dos perigos já são conhecidos dos especialistas em antivírus:
O Ransomware tem como objetivo obter o controle do PC inteiro e criptografar os dados no disco rígido. O hacker propõe liberar sua máquina novamente em troca de pagamento. O BSI adverte contra o pagamento de tais exigências, pois não há garantias de que os dados serão liberados após o pagamento.
Os Botnets, zumbis de PCs, lançam ataques de DdoS (Negação de serviços distribuídos) e usam essa tática de arma de fogo para desativar sistemas de empresas a menos que uma exigência de resgate seja atendida. Os ladrões de dados também estão ficando mais interessados em dados armazenados "em nuvem". O aumento no uso de dispositivos móveis e celulares também representa uma ameaça de ataque e de perda de dados e deve, portanto, ser uma preocupação para o gerenciamento de riscos de TI.

A Avira facilita o tratamento dos vírus

Apesar da séria ameaça, os usuários particulares e as empresas com proteção contra vírus atualizada podem se proteger efetivamente contra malwares, graças à experiência do pessoal da Avira.
“Usamos nossa longa experiência no combate a vírus para ajudar a detectar e eliminar as ameaças em um estágio inicial usando mecanismos proativos,” explica Travis Witteveen, Diretor de vendas e marketing da Avira. “Nossas soluções antivírus oferecem aos usuários o máximo em proteção, tornando mais fácil lidar com software prejudicial. As funções adicionais como Controle de pais, que filtra o conteúdo inadequado a crianças, torna a navegação na Internet muito mais segura.”

Sobre a Avira

A Avira quer que seus clientes “vivam livres” de spyware, phishing, vírus e outras ameaças com base na internet. A empresa foi fundada há 25 anos baseada na promessa de Tjark Auerbach de “fazer software que faz coisas boas para os meus amigos e família”. Mais de 100 milhões de clientes e pequenas empresas agora dependem da experiência em segurança da Avira e software antivírus premiado, o que fazem da empresa a segunda líder no mercado mundial. A Avira oferece proteção de segurança de TI para computadores, smartphones, servidores e redes, entregues tanto como software e serviços com base em “nuvem”.

Além de proteger o mundo online, o CEO da Avira promove o bem estar no mundo offline através da Fundação Auerbach, que apoia projetos de caridade e sociais. A filosofia da fundação é ajudar pessoas a se ajudarem.

Para mais informações, visite o site www.avira.com ou participe da comunidade www.facebook.com/avira.